Novembro Azul alerta homens sobre a importância do exame de próstata

O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens no Brasil. O diagnóstico precoce pode aumentar em 90% as chances de cura.

O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens no Brasil. E é de olho naqueles que não se cuidam que a campanha Novembro Azul foi criada. O objetivo é levar informação e reduzir os números de mortes por causa da doença.

A doença é silenciosa e quando apresenta algum sintoma, pode ser tarde demais. O câncer de próstata é o segundo tipo de câncer que mais mata homens na Paraíba, perdendo apenas para o de pulmão.

A sorte é que é possível prevenir. Um simples exame de sangue conhecido como PSA pode ser a salvação. Os médicos recomendam que o primeiro PSA seja feito aos 50 anos, para a maioria dos homens, e aos 45 para aqueles que têm histórico de câncer na família.

Mas para um diagnóstico mais preciso, os médicos recomendam também o toque retal. “A combinação entre o exame de sangue com o exame físico, que é o toque retal, é o que existe de melhor atualmente para a detecção precoce do câncer de próstata. O câncer de próstata detectado incialmente tem uma chance de cura de 90%. Mais uma justificativa para o homem se cuidar antes de sentir alguma coisa”, explica o urologista Jarques Lúcio.

O senhor Henrique, de 72 anos, fez o primeiro exame preventivo há 10 anos e depois disso não relaxou mais com os cuidados. “Já fiz dois exames já, graças a Deus. Foi tranquilo, não sente nada”, diz ele.

A tendência é que homens mais jovens, mais informados e menos preconceituosos, encarem melhor o tratamento. O vendedor Francisco Freire está com 52 anos e desde os 47 faz o exame PSA associado ao toque retal. Para ele, manter os cuidados com a saúde em dia é importante para viver bem e com tranquilidade. “Ainda dá pra bater uma bolinha, correr atrás da bola, viver com qualidade de vida. Tomar um banho de mar, caminhar…”, diz ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>